top of page

Os 05 passos para uma narrativa bem-feita


O que é Narração?


Narração é o ato de relatar um fato real ou imaginário através de palavras transmitidas oralmente ou por escrito.


Existem narrativa de todos os tipos:


A crônica, o conto, um relato simples, são chamados de narrativa curta.

A novela, o romance, são denominados gêneros longos.


As narrativas têm o poder de evocar emoções e fixar no ouvinte ou leitor uma série de princípios e valores morais, bem como, denunciar ou transformar os costumes de uma sociedade.


Narrativas são poderosas e podem ser muito lucrativas.


Continue aqui no Blog Podcast Narrativo, nós vamos dar todas as dicas e ferramentas para você usar as palavras mais adequadas para vender sua ideia!

 

Os 05 passos para uma narrativa bem-feita


Para que uma narrativa flua existe uma sequência que todo escritor deve seguir.


01 – QUEM – A apresentação dos personagens que protagonizam a narrativa.


02 – QUÊ – São os fatos e eventos que permeiam toda a narrativa. É o enredo da

Narração.


03 – QUANDO – ONDE – Situa a narrativa no tempo e no espaço, essencial para o desenvolvimento do enredo.


04 – COMO – É o modo como se desenvolvem os acontecimentos. Ele deve ser colocado de forma bem clara, lógica e direta.


05 – POR QUÊ – Se houver, indica causas do fato relatado.


Para se contar bem uma história, deve-se conhecê-la muito bem. Antes de encarar a folha em branco, esboce a história que será contada. Sintetize as ideias centrais. Defina o foco de interesse e a linha condutora, ou seja, o eixo de compreensão da história.



As 3 partes de uma Narração


01) Introdução – Aqui apresentamos o que será contado. Vamos dar a direção da história, fazendo o leitor ou ouvinte um conhecedor do que será narrado nos parágrafos seguintes.


02) Desenvolvimento – Vamos ampliar o tema, o caso, o assunto. É a trama de onde se desdobrará os acontecimentos. É necessário criar aqui o interesse do interlocutor, criar expectativa! Sugere-se evocar sentimentos e emoções captadas pelo narrador e dirigir a história pro final.


03) Conclusão – Na medida do possível, o narrador deve interromper a narrativa de modo a deixar o leitor ainda envolvido. Deve-se aqui fechar a trama, mas nem tanto, deixar umas arestas abertas pode atiçar o interesse do leitor.

 

Quais são os tipos mais comuns de narrativas?


Existem diversos tipos de narrativas que podem ser utilizados em diferentes contextos e finalidades. A seguir, listo alguns dos principais tipos de narrativa:

  1. Narrativa linear: é a narrativa mais comum e tradicional, que segue uma ordem cronológica dos eventos, do começo ao fim.

  2. Narrativa não-linear: ao contrário da narrativa linear, essa modalidade não segue uma ordem cronológica dos eventos, podendo apresentar flashbacks, flash-forwards e outros recursos narrativos.

  3. Narrativa circular: essa narrativa apresenta um encadeamento circular de eventos, ou seja, o final leva de volta ao começo, criando um efeito de fechamento e continuidade.

  4. Narrativa fragmentada: essa modalidade apresenta fragmentos da história, muitas vezes sem uma ordem lógica aparente, deixando que o leitor ou espectador monte a história na sua própria cabeça.

  5. Narrativa epistolar: essa modalidade utiliza cartas ou outras formas de correspondência para contar a história, geralmente por meio de relatos pessoais e subjetivos.

  6. Narrativa autobiográfica: nessa modalidade, o narrador conta a própria história, geralmente com um forte componente emocional e subjetivo.

  7. Narrativa em primeira pessoa: o narrador conta a história a partir do seu próprio ponto de vista, utilizando pronomes como "eu" e "meu".

  8. Narrativa em terceira pessoa: nessa modalidade, o narrador conta a história a partir de um ponto de vista externo, utilizando pronomes como "ele" ou "ela".

Esses são apenas alguns exemplos de tipos de narrativa, mas existem muitos outros, que podem variar conforme o objetivo, o contexto e o público alvo da história

 

Descubra nosso universo sonoro!


Somos um blog dedicado a criação de Podcast Narrativo.


Temos preferência ao Audio Storytelling, Áudio Drama, Contação de Histórias, Contos, Crônicas e toda e qualquer Narrativa Sonora.


Buscamos uma linguagem que enfatize a sonoridade, os ruídos, melodias e arranjos musicais. Uma forma de contar histórias através de sons e sensações.


Criamos documentários narrados no melhor estilo rádio novela.

Oficina de Podcast Narrativo

Comments

Rated 0 out of 5 stars.
No ratings yet

Add a rating
bottom of page