Como Santo Antônio se tornou o Santo Casamenteiro?


Santo Antônio de Pádua nasceu em Lisboa no dia 15 de agosto no ano de 1195, com o nome de Fernando Antônio de Bulhões.

Aos 19 anos foi para o Mosteiro de São Vicente dos Cônegos Regulares de Santo Agostinho, onde teve uma vasta biblioteca ao seu dispor e se dedicou arduamente aos estudos.


Escute o artigo em versão Podcast Narrativo








Dois anos depois, Santo Antônio foi transferido para o centro de estudo de Coimbra - um dos mais importantes de Portugal. Lá se tornou Sacerdote graças ao seu amplo conhecimento.


Anos depois, tornou-se Franciscano. Numa viagem à Sicília na Itália, conheceu pessoalmente São Francisco de Assis.


Em 13 de junho de 1230, com apenas 36 anos, Santo Antônio morre em Pádua, na Itália.


A data de sua morte, tornou-se lendária, e ficou conhecida como o dia de Santo Antônio.


E o lugar onde ele faleceu, tornou parte do seu título: Santo Antônio de Pádua.


Mas afinal? Como Santo Antônio se tornou o Santo Casamenteiro?


Dizem que uma moça queria muito se casar, mas não tinha dote para oferecer – isto é, bens materiais para dar à família do noivo. Uma prática comum na época. Desesperada para arrumar o valor do dote, a mulher se ajoelhou aos pés de uma imagem de Santo Antônio e suplicou com muita fé. Dizem que moedas de ouro surgiram de repente aos seus olhos e a moça, então, pôde se casar.

Porém, é difícil saber…

Existem várias histórias e várias teorias sobre o caso, mas eu particularmente gosto mais de uma história bem inusitada e talvez seja a história mais famosa.


A lenda conta que uma mulher, devota de Santo Antônio, já não aguentava mais estar por tanto tempo solteira!


De tão frustrada, ela pegou o santo e o arremessou janela à fora.


A imagem acabou por acertar um homem em frente a sua janela.

A moça, desolada, foi socorrê-lo, pediu-lhe desculpas e logo engataram uma conversa. E aquele encontro, imediatamente, se transformou em uma grande paixão…

Eles se casaram e viveram felizes para sempre!





7 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo